Redes Sociais

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

BUÍQUE, Em Busca de Espaço!!!

Sem polêmica e com muita alegria, Arquimedes comemora sua quarta vitória amanhã, com a maior festa do interior de Pernambuco

Matéria publicada no blog do Diário de Pernambuco na tarde de ontem (1), com o título "Prefeito eleito vai comemorar vitória com polêmico show gratuito de Safadão em Pernambuco", vem causando estranheza em muita gente do próprio município e até em moradores de municípios circunvizinhos e de vários outros em todo o Estado, que estão se organizando em excursões para virem à Buíque na próxima quinta (3), assistirem o que já está sendo considerado o maior evento festivo do interior de Pernambuco.


Por aqui, a não ser a "dor de cotovelo" e o desespero de algumas pessoas que ainda não conseguiram enterder que a sua candidata foi derrotada nas urnas, o que se comenta é a felicidade da grande maioria dos seus habitantes pela certeza da volta dos grandes eventos no município, que já teve o orgulho de realizar o maior e melhor carnaval do interior do Estado. 
Não só em Buíque, mas em várias outras cidades da religião, o que se comenta também é a alegria de muitos comerciantes com o aquecimento das vendas devido a realização desse evento, além da euforia dos barraqueiros que esperam vender muito nessa festa e garantir, além de o Peru de Natal, o presente do Papai Noel para a molecada.
De acordo com o post publicado pelo jornal, "a festa da vitória tem sido motivo de polêmica na cidade", ao ponto de ser criado um evento no Facebook com o título: "Eu não vou para Wesley Safadão em Buíque", e a seguinte descrição: "Para quem acha um absurdo ter que pagar mais de meio milhão por essa merda que se diz cantor e não investir em coisas mais úteis para a necessidade do município". 
O que a postagem não informa é que esse "tão polêmico evento", até a noite de ontem, computava a impressionante marca de 3 pessoas interessadas, e apenas 4 confirmaram que não irão ao mega show do Safadão. Já no evento "Wesley Safadão em Buíque", que não foi citado no post, 530 internaltas confirmaram presença no evento, enquanto que 364 marcaram que tinham interresse. Um número bem superior aos 4 que "polemizaram" o evento, mas não ganhou atenção na postagem.
O curioso na descrição do "polêmico" evento, é o aparente "conhecimento" do seu criador, quando o assunto é o cachê do artista. De acordo com ele, o Safadão vai se apresentar em Buíque por "mais de meio milhão de reais". Um valor acima do cachê cobrado no show, em pleno São João de Caruaru, em junho desse ano, que foi de meio milhão. Para o criador do evento, um show realizado em uma quinta-feira de novembro, é mais caro do que um realizado em um final de semana, do mês de junho, em pleno São João, na Capital do Forró. 
O que de fato tá causando estranhesa em muita gente em Buíque, é a subta preocupação de algumas pessoas com o erário público, adormecida durante quase uma década e despertada desde a segunda-feira 3 de outubro, um dia após a derrota nas urnas. Alguns desinformados ou mal intencionados, chegam ao cúmulo de postarem em seus perfis de redes sociais, que o dinheiro investido no evento, deveria servir para obras de melhorias na cidade, esquecendo (ou fingindo que esqueceu), que até o próximo 31 de dezembro, quem tem que cuidar das finanças do município é o atual prefeito, não o prefeito eleito.

Para tentar enganar e atrapalhar a festa, algumas pessoas espalharam nas redes sociais que o evento seria pago, ocultando que apenas os camarotes e uma área batizada de Área Solidária, será cobrados valores e todo o dinheiro arrecadado será revertido em cestas básicas para doação aos mais carentes do município. Ou seja, levando em consideração a capacidade do local, pelo menos 47 mil pessoas irão assistir ao show do maior artista brasileiro da atualidade, totalmente grátis.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe abaixo o seu comentário sobre esse artigo.

Seguidores

 

Arquivo