Redes Sociais

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

sábado, 2 de março de 2013

Prefeitos se unem para manter Fundação Altino Ventura em Arcoverde

Coordenados pela prefeita de Arcoverde, Madalena Britto (PTB), os prefeitos da região da VI Geres, estão se mobilizando para garantir a permanência da unidade da Fundação Altino Ventura no município de Arcoverde. Na tarde de ontem (28), representantes dos municípios participaram de reunião na sede do Hospital Mens Sana, da Fundação Terra, com os representantes da FAV, comandados pelo Dr. Zé Vieira. Presentes apenas os prefeitos de Arcoverde (Madalena Britto), Sertânia (Guga Lins), Ibimirim (Adauto Bodegão) e Venturosa (Ernande da Farmácia). As demais cidades mandaram seus secretários de saúde.

Na apresentação, os representantes da Fundação Altino Ventura informaram que o custo mensal da unidade de Arcoverde é da ordem de R$ 30 mil. De acordo com os atendimentos mensais realizados nos últimos anos, cada município tem direito a uma cota. Segundo o secretário de saúde de Arcoverde, Dr. Adilson Valgueiro, "era bom que todos os prefeitos estivessem aqui, porque eles tem o poder de decisão. Essa parceria é fundamental para que os municípios utilizem os serviços da FAV e para que a Fundação possa seguir servindo a toda a região". 

Arcoverde, como sede e maior densidade populacional, tem uma cota de 400 atendimentos. Custódia vem em segundo com 90 e Buíque em terceiro com 80 pacientes/mês. Ao final da reunião, a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, sugeriu que cada município pactuasse as cotas e valores apresentados pela FAV de forma a garantir o atendimento a quem mais precisa.
 
Pc Cavalcanti.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe abaixo o seu comentário sobre esse artigo.

Seguidores

 

Arquivo