Redes Sociais

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

terça-feira, 5 de junho de 2012

Quem trabalha com menores infratores poderá ter direito a Bolsa Formação

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou proposta que estende o Projeto Bolsa Formação para educadores sociais e monitores dos centros de internação de adolescentes apreendidos.

O Projeto Bolsa Formação integra o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania. As bolsas de estudo têm valor mensal de R$ 443 e são destinadas a policiais civis e militares, bombeiros, agentes penitenciários e carcerários, peritos e guardas municipais.
Para receber a bolsa, os profissionais devem ter salário de até mil e 700 reais e frequentar um dos cursos de especialização em segurança credenciados pelo Ministério da Justiça.

O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe abaixo o seu comentário sobre esse artigo.

Seguidores

 

Arquivo