Redes Sociais

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

1ª Conferência Internacional de Cultura 32º Festival Internacional de Folclore‏

As culturas dos quatro cantos do planeta estarão reunidas no Centro de Convenções, em Olinda, entre os dias 12 e 19 de novembro, no 32º Festival Internacional de Folclore. O evento, que contará com apresentações de grupos culturais do México, África do Sul, Paraguai, Polônia e Eslovênia, além dos vindos de diversos estados do Brasil, é promovido pelo Conselho Internacional das Organizações de Festivais Folclóricos e Artes Tradicionais (Cioff) e pelo Centro de Cultura Luisa Maciel, de Caruaru. Paralelo a ele acontece a 1ª Conferência Internacional de Cultura e o 41º Congresso Mundial do Cioff, ambos de 16 a 18 de novembro, no Hotel Dorisol, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes.

Para apresentar a programação dos eventos, a seccional do Cioff no Brasil realizou, na noite de ontem, um coquetel, que contou com a presença de diversas autoridades envolvidas com o setor. A idealizadora do festival, Luisa Maciel, esteve presente ao lançamento do evento. Ela é a única delegada do Brasil no Cioof Mundial, que tem sede na ONU. Segundo a presidente do Cioff Brasil, Socorro Maciel, o objetivo do evento é oferecer à população o acesso à cultura do seu estado e de outras partes do mundo. “Como sempre disse Luisa Maciel, um homem sem cultura é uma arvore sem raiz. Com esse evento, queremos preservar e valorizar a cultura popular e tradicional”, disse.

Outras atividades paralelas previstas são a 6ª Feira de Negócios do Artesanato de Pernambuco, o Foclore na Educação e o Ateneu Poético. Socorro Maciel afirmou que cerca de 400 pessoas de outros paíises devem participar dos eventos. “O congresso vai trazer delegados do Cioff Mundial, vindos de 98 países, dos cinco continentes. Para o festival, estamos prevendo um público de cerca de 100 mil pessoas, que foi a quantidade de pessoas que visitaram a feira no ano passado, em Caruaru”, afirmou.

Para recepcionar os estrangeiros, o Cioff firmou uma parceria com o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). De acordo com o professor do curso de Gestão em Turismo, Fernando Mendonça, alunos serão responsáveis pelo receptivo. “Eles farão a atividade baseados nas técnicas apreendidas durante o curso”, disse.


fonte: portal do sertão in foco

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe abaixo o seu comentário sobre esse artigo.

Seguidores

 

Arquivo